Virtual Private Servers (VPS) sob demanda

Todos que trabalham com TI já devem ter ouvido falar de VPS (Virtual Private Server), afinal virtualização está na “moda” ultimamente.

Eu particularmente uso maquinas virtuais em casa baseadas no software VMware Workstation (software comercial), e tenho alguma experiencia profissional com virtualização usando o software XEN (software gratuito), e ontem enquanto eu estava aqui sem nada pra fazer decidi pesquisar quais empresas de hosting vinham oferecendo serviços de VPS baseados em XEN.

Na pesquisa descobri que uma das empresas de hosting na qual mantive servidores no passado (RackSpace), havia comprado recentemente uma empresa especializada na comercialização de VPS chamada SliceHost, desta aquisição nasceu a marca Mosso, através da qual a RackSpace comercializa atualmente seus serviços de “Cloud computing

Eu já usei no passado o serviço Amazon EC2, e posso dizer que achei o serviço da Mosso mais adequada as minhas necessidades, pois os Cloud Servers da Mosso/RackSpace são instâncias persistentes, as quais você pode criar de forma “on demand” com tamanho incial a partir de 256Mb (na amazon o tamanho minimo da instancia é de 2 Gb), se você precisar de um maior ou menor poder de processamento você redimencionar a maquina virtual a qualquer momento. Cada VPS recebe um IP publico (na amazon o ip é privado), e o melhor você paga por hora de uso (não tem custo minimo fixo, vc paga só pelo que usar) :)

O custo de uma instancia começa em US$ 0,015 por hora de uma instancia com 256 Mb de memoria e 10 Gb de storage, e vai até US$ 0,960 por hora de uma instancia com 15 Gb de memoria e 620 Gb de storage.

O trafego gerado de/para a instancia é cobrado a parte na razão de US$ 0,22 por cada 1 Gb de upload e US$ 0,08 por cada 1 Gb de download.

Como eu por natureza sou muito curioso, fiz meu cadastro para testar os serviços e posso dizer que fiquei bem impressionado.

Fiz diversos testes e posso dizer que os serviços oferecidos foram muito além da minha expectativa inicial, e tenho que confessar que a oferta de acesso a um web console baseado em ajax é muito conveniente.  Eu tenho um servidor dedicado para uso pessoal em outro datacenter e eles cobram 35 dolares por hora de uso de um KVM (ou 75 dolares por mês para ter um dedicado),  este console ajax da Mosso/RAckSpace cumpre com o mesmo papel e não tem custo extra.  Quem já ficou “trancado” fora de um servidor hospedado a milhares de quilometros de distância enquanto se configurava regras de firewall sabe o quão importante é ter um acesso remoto a console do Servidor. É o tipo de tranquilidade que não tem preço :)

O cadastro foi simples e rápido, e o processo de criação da minha instancia não levou nem 3 minutos. Via de regra o processo é bem simples.

Você se loga no painel de controle:

mosso1

Escolhe  a opção “Hosting” no menu da lateral esquerda, escolhe “Cloud Servers”, e finalmente clica no botão “New Server”:

mosso2

Para criar a instancia basta escolher o tamanho desejado (o numero de ciclos computacionais garantidos escala com a memória, ou seja, quanto maior o tamanho da instancia maior o numero de ciclos a que você terá direito):

mosso-size

O próximo item a ser definido é o nome da instancia:

mosso-name

E por fim, temos que escolher qual a versão do linux que queremos usar:

mosso-linux

Todas as distribuições acima são instaladas com o uma configuração default bem segura, a maquina virtual quando pronta só possui o serviço de SSH rodando, ficando a cargo do usuário instalar os demais serviços que necessitar.

De pois de clicar no botão “Add Cloud Server” você vai ter que esperar entre 3 e 5 minutos enquanto a sua instancia é criada, ao final do processo você irá receber por email os dados do servidor (IP e senha de root).

A cara do painel de controle com os detalhes de uma maquina virtual é bem simples:

mosso-painel

As opções são bem intuitivas :)

Overview

  • Console – Da acesso ao console do servidor virtual através de uma interface web/ajax
  • Reboot – Reinicia seu servidor
  • Rescue – Coloca seu servidor em modo de recuperação
  • Rebuild – Zera seu servidor, deixando ele no mesmo estado no qual ele lhe foi “entregue”
  • Reset Password – Reseta a senha de root da instancia
  • Delete – Destroi a instancia

DNS – Nesta tab você pode adicionar seus dominios e gerir seus registros de DNS

Backup – Como pode se esperar nesta tab você pode habilitar o backup da sua instancia (diario ou semanal), sendo que a retenção é dos 3 ultimos backups realizados. Você pode usar este backup para gerar novas instancias, as quais são criadas identicas a original, a excessão do IP publico e da senha de root que serão diferentes.

Diagnostics - Nesta tab você pode visualizar uma serie de informações operacionais da instancia (Load, uso de I/O, etc).

Enfim, acho que vou manter a minha conta ativa, afinal não é todo dia que conseguimos um laboratorio tão pratico para se “brincar” :)

[]´s Edson

5 Responses to “Virtual Private Servers (VPS) sob demanda”

  1. No wiki da Xen tem uma lista de empresas que alugam VPS Xen http://wiki.xensource.com/xenwiki/VirtualPrivateServerProviders

    Eu sou cliente da Slicehost, e nunca tive a curiosidade de olhar a Mosso. Eu pago na Slicehost o dobro q eu pagaria na Mosso, mesmo com a banda adicional.

    Também tenho na Linode.com o preço mensal é fixo, mas a Linode bate qualquer uma em flexibilidade de configuração das instancias.

    Obrigado pela dica.

  2. Ola :)

    Então, a slicehost foi comprada pela Rackspace, e foi após esta compra que a RackSpace criou a marca Mosso, pelo que vi o que muda do produto da slicehost para o da Mosso é que na slicehost vc tem um valor minimo mensal fixo, e la na Mosso vc paga pelo que usar…

    Obrigado pela dica da Linode.com , vou dar uma olhada la :)

    Edson

  3. Ola,
    Não entendi bem esse negócio de “Virtual Private Servers (VPS) sob demanda”
    Lá na mosso tem Cloud Servers e Cloud sites.
    Qual seria a diferença?
    Obrigado

  4. Gostei deste post. E hoje, tendo passado algum tempo que você está usando este serviço, suas opiniões se mantém? Ou mudaram? Pode escrever um novo post sobre? (se sim, por favor, me avise por e-mail). Grato.

  5. MInha opinião sobre o serviço se mantém, sou um usuário extremamente feliz do serviço de VPS da RackSpace :)